Você está em Biografias

Clapeyron

Benoit-Pierre-Émile Clapeyron foi um importante físico-químico e engenheiro civil, nascido na França no dia 26 de fevereiro de 1799. Estudou dentro da química a termodinâmica e os gases. Frequentou a École Polytechnique de Paris, onde ingressou em1816. Dois anos mais tarde assumiu um cargo de Engenheiro de Minas, onde também ensinava.

Em 1820, foi para Rússia com seu amigo e também colega de classe Gabriel Lamé. Ambos davam aula de matemática pura e aplicada na École des Travaux Publics em São Petesburgo. Esta escola tinha tido grande impulso desde 1809, quando o Imperador Alexandre I criou um corpo de engenheiros responsável pelo estudo de estradas, pontes e armas.

Enquanto estava na Rússia, escreveu diversos artigos junto com Gabriel Lamé. Estes artigos foram publicados principalmente no Journal des voies de communication de Saint-Pétersbourg, no Journal du génie civil e no Bulletin Ferussac. Em 1830, foram obrigados a deixar o país por causa da Revolução. Clapeyron e Lamé entraram no negócio de construção de estradas de ferro bem cedo (1823).

Em 1833, foi liberada uma grande verba para um estudo dos vários problemas que eram encontrados na construção de estradas de ferro. Isso incluiu até mesmo um intercâmbio entre engenheiros americanos e ingleses. Clapeyron então concebeu a ideia da estrada que liga Paris a St. Germain, mas enquanto esperava pela verba, trabalhou como professor em St. Étienne na École de Mineurs.

Em 1835 quando a verba foi liberada, os dois amigos foram colocados como responsáveis pela direção da obra. Clapeyron especializou-se no desenvolvimento de locomotivas à vapor. No ano de 1836, foi para a Inglaterra encomendar as locomotivas que iam operar na difícil e longa viagem entre Paris e St. Germain. Quando a direção do projeto passou para Robert Stephenson, as locomotivas foram fabricadas ainda baseadas no projeto de Clapeyron.

Continuou sempre investigando os fenômenos que se relacionavam com as máquinas à vapor. Até mesmo seu melhor trabalho não é o mais reconhecido, onde escreveu sobre as possíveis regulagens de válvulas para uma máquina à vapor. De 1844 em diante, Clapeyron lecionou na École des Ponts et Chaussés, onde dava um curso sobre máquinas a vapor.

Sua principal contribuição para a química foi na Termodinâmica. Formulou a equação dos gases perfeitos, que é a conhecida Equação de Clapeyron e também a constante R dos gases perfeitos. O estudo deste cientista era uma aplicação do princípio de Sadi Carnot, desenvolvido por Carnot (1824).

Os trabalhos de Carnot não eram aceitos na época. Quando foi publicado o estudo de Clapeyron, que transformou a análise verbal feita por Carnot em um simbolismo de cálculo, a comunidade científica teve maior aceitação da Teoria de Carnot. Clapeyron morreu no dia 28 de janeiro de 1864.

Como referenciar: "Clapeyron" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 16/07/2018 às 23:03. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/biografias/clapeyron/