Você está em Biografias

Linus Pauling

Linus Carl Pauling, nascido no dia 28 de fevereiro de 1901 em Portland, nos Estados Unidos foi um dos mais importantes químicos e recebeu dois Prêmios Nobel.

Era filho de Hermann Heinrich Wilhelm Pauling, de descendência alemã e de Lucy Isabelle Darling. Seu pai era farmacêutico. Tinha duas irmãs: Pauline e Frances Lucille. Devido a dificuldades no trabalho de seu pai, quando criança, aos 5 anos, sua família mudou-se para Condon, no Oregon.

Seu pai reconheceu que Pauling era muito inteligente desde cedo. Morreu quando Linus tinha 9 anos de idade. Já na infância, gostava muito de ler e de realizar experiências no laboratório de um amigo.

Não conseguiu o diploma de Ensino Médio mais cedo porque não obteve boa classificação em História dos Estados Unidos. Mais tarde, 45 anos depois a escola deu para Pauling este diploma depois de ter recebido dois Prêmios Nobel. Estudou em Washington e formou-se em Química pela Universidade Estadual do Oregon.

Trabalhou como leiteiro, projecionista de cinema e trabalhou num estaleiro naval. Passou a maior parte da sua vida acadêmica no Intituto de Tecnologia da Califórnia, Cal Tech. Acabou seu doutorado nesta instituição e mais tarde foi para a Europa durante um ano para estudar mecânica quântica com Niels Bohr, Sommerfeld e Shorodinger. Estudou química quântica e as moléculas do átomo de hidrogênio.

Em 1923, casou-se com Ava Helen Miller. Ele era professor de Ava. Tiveram três filhos e uma filha. Voltou aos Estados Unidos em 1927 onde trabalhou como professor assistente de química teórica em Cal Tech.

Na Califórnia, estudou mais a fundo a química quântica e os cristais. Publicou em torno de 50 artigos. Criou as cinco Regras de Pauling. Em 1929, foi nomeado Professor Associado e um ano depois Professor.

Em 1930 retorna para a Europa, estuda os elétrons e constroi junto com um aluno um aparelho de difração eletrônica para estudar a estrutura das moléculas. Recebeu em 1931 o Prêmio Langmuir, por ter feito o trabalho científico mais significativo realizado por um cientista com menos de 30 anos.

Em 1932, mostrou a ideia de eletronegatividade e a escala de Pauling. Um de seus trabalhos mais importante é sobre hibridização e a tetravalência do carbono. Na década de 50, começou a estudar um novo modelo para o núcleo atômico. Começou também a investigar as moléculas biológicas.

Estudou sobre a vitamina C e a sua atuação na cura de um cancro, doença que tinha. Houve muitas controvérsias. O tratamento era baseado na ingestão de altas doses de vitaminas e sais minerais. Daí então, aumentou a sua dose de ingestão de vitamina C.

Em 1973, fundou o Intituto de Medicina Ortomolecular em Menlo Park. Em seguida, seu nome passou a ser Intituto Linus Pauling de Ciências e Medicina. Recebeu o Prêmio Nobel em de Química em 1954 e o Prêmio Nobel da Paz em 1962.

Morreu em Big Sur, no dia 19 de agosto de 1994.

Como referenciar: "Linus Pauling" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 16/07/2018 às 23:11. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/biografias/linus_pauling/