Você está em Biografias

Luigi Galvani

Luigi Galvani foi cientista e médico, nascido no dia 09 de setembro de 1737, na Bolonha, Itália. Sua contribuição para a química foi na área de Eletroquímica, no desenvolvimento de pilhas. Era filho de médico.

Estudou Letras e Filosofia na Universidade. Graduou-se em Filosofia e Medicina em 1759. Estudava sobre química e história natural na Universidade.

Em 1761, foi membro da Academia de Ciências no Instituto de Bolonha. Foi professor de anatomia. Era expositor universitário em Medicina em 1768 que mais tarde foi substituido por Anatomia Prática. Era professor também de Obstetrícia em 1782. Fazia palestas em um teatro e em sua casa. Montou um laboratório para realizar os seus experimentos.

Em 1756, fez estudos e descobriu a chamada eletricidade animal. Descobriu que as pernas de um sapo morto se contraem quando presas a uma mesa de ferro por ganchos de metal. Galvani suspeitava que os músculos do animal produziam essa corrente. O cientista Alessandro Volta, na época discordou do trabalho de Galvani.

Hoje, o instrumento que mede a corrente elétrica se chama galvanômetro em homenagem à Galvani. E galvanização é o nome dado ao processo de recobrir um metal com outro metal. Também as pilhas galvânicas.

Em 1762, casou-se com Lucia Galeazzi, filha de seu professor. Conclui sua tese de doutorado neste mesmo ano. Em 1772, torna-se presidente da Academia de Ciências de Bolonha.

Galvani morreu na pobreza, no dia 04 de dezembro de 1798, antes de aproveitar seu restabeleciemento como pofessor pensionista emérito pelas suas contribuições para a ciência.

Como referenciar: "Luigi Galvani" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 16/07/2018 às 22:58. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/biografias/luigi_galvani/