Você está em Biografias

Otto Hahn

Otto Hahn

Otto Hahn foi químico e nasceu em Frankfurt, na Alemanha, no dia 08 de março de 1879. Foi importante porque estudou a fissão nuclear e radioatividade. Formou-se químico em Munique, na Universidade de Marburg, onde concluiu seu doutorado em 1901, na área de Química Orgânica.

Em 1905, descobriu o isótopo radioativo radiotório, quando trabalhava em Londres com Sir William Ramsay. Trabalhou de 1904 a 1906. Em seguida, foi para o Canadá estudar mais afundo a radioatividade com Ernest Rutherford, na Universidade McGill, de Montreal. Lá, descobriu uma nova substância radioativa, o mesotório, em 1907.

Na Alemanha, iniciou pesquisas com a física judia austríaca Lise Meitner, em 1912. Descobriram o elemento radioativo protactínio (1917), isolaram o Pa-231 e o urânio-Z (1921). Foi diretor do Instuituto Max Planck de 1927 a 1946, mesmo lugar onde fazia suas pesquisas.

Juntamente com Meitner e Fritz Strassmann, provou a possibilidade da fissão nuclear através do processo químico do bambardeio do núcleo de urânio com nêtrons (1938). Foi esta descoberta que ajudou os Estados Unidos a fabricarem a bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial.

Hahn ganhou o Prêmio Nobel de Química em 1944 por seus trabalhos sobre fissão atômica com a descoberta do núcleo pesado. Porém, Adolf Hitler o impediu de receber o prêmio. Em 1947, foi eleito presidente da Kaiser Wilhelm Society, que é hoje a Sociedade Max Plank.

Combateu o desenvolvimento e os testes de bombas nucleares após a explosão das bombas atômicas no Japão. Em 1966, recebeu com Meitner e Strassmann, o Prêmio Enrico Fermi.

Neste mesmo ano, faleceu em Gottingen, na Alemanha.

Como referenciar: "Otto Hahn" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 16/07/2018 às 23:11. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/biografias/otto_hahn/