Cinética química (continuação)

Energia de ativação (Eat)

É a energia mínima que os reagentes precisam para que inicie a reação química. Esta energia mínima é necessária para a formação do complexo ativado.

Quanto maior a energia de ativação, mais lenta é a reação, porque aumenta a dificuldade para que o processo ocorra. Quanto menor a energia de ativação, menor a “barreira” de energia, mais colisões efetivas e portanto uma reação mais rápida.

Gráficos endotérmicos e exotérmicos para a energia de ativação

A energia de ativação varia de acordo com o tipo de reação química. Nas reações endotérmicas ela é maior do que nas exotérmicas.

                

Onde:

Endotérmico


Fonte: http://luizclaudionovaes.sites.uol.com.br/enerat1.gif

Exotérmico


Fonte: http://luizclaudionovaes.sites.uol.com.br/enerat1.gif

  

Como referenciar: "Energia de ativação (Eat)" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2020. Consultado em 09/08/2020 às 08:34. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/conteudos/em/cineticaquimica/p4.php

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

Produtos de quando CORONA era motivo de alegria

O sonho de ser cantor