Hidrocarbonetos (continuação)

Alcanos (continuação)

Radicais

Os alcanos mostrados no tópico anterior possuem a cadeia normal, porém alguns alcanos possuem ramificações ao longo da cadeia carbônica.

Para essas ramificações damos o nome de radicais. Os radicais dos alcanos são as alquilas ou radical alquila. A alquila é um alcano que perde um H. Observe:

Text Box: CH3 – CH – CH3               |            CH3        →   radical

Para dar nome às alquilas, modifica-se apenas a terminação para ila.

Text Box: CH3 – CH – CH3               |            CH3        →   metila

Outros radicais alquilas:

Text Box: CH3 – metila  CH3 – CH2 – etila     CH3 – CH2 – CH2 –  n-propila    CH3 – CH – CH3      isso-propila ou i-propila               |     CH3 – CH2 – CH2 – CH2 –  n-butila    CH3 – CH2 – CH – CH2   sec-butila ou s-butila                         |                CH3                   |  CH3 – C –         terc-butila ou t-butila             |           CH3     CH3 – CH – CH2 –    iso-butila ou i-butila                     |            CH3

Para dar nome às cadeias carbônicas de alcanos ramificados, utilizamos as seguintes regras:

- determinar a maior cadeia possível de carbonos;
- determinar os radicais ligados à cadeia principal;
- a numeração da cadeia principal se dá para que a ramificação possua os menores números possíveis;
- os radicais são colocados em função da sua ordem alfabética;
- os prefixos di, tri,tetra, sec, terc não são considerados para efeito de ordem alfabética exceto ISO.

Exemplo:

Text Box:                     CH3                        |  CH3 – CH – CH – CH2 – CH3         2,3-dimetilpentano              |            CH3

  

Como referenciar: "Alcanos (continuação)" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2020. Consultado em 09/08/2020 às 07:37. Disponível na Internet em http://www.soq.com.br/conteudos/em/funcoesorganicas/p2.php

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

Produtos de quando CORONA era motivo de alegria

O sonho de ser cantor